Terminologia e referenciais

Colocamos abaixo uma breve lista com alguns dos termos e referências usados neste catálogo, de forma a facilitar suas consultas e pedidos ao nosso Departamento de Vendas.

Anular Corrugação paralela do tubo formando um ângulo reto da linha de centro do diâmetro interno, permitindo um esquadramento perfeito após o corte.

Aço Inox

O Aço Inoxidável não é uma única liga, mas uma família grande de ligas com propriedades diferentes para cada membro. Á uma centena de Classes e de Classes Secundárias na família do Aço Inox, cada uma projetada para uma aplicação específica. O Cromo é o elemento “mágico” que transforma o Ferro em Aço Inox, que deve conter ao menos 10.5% de Cromo para fornecer a resistência adequada a oxidação. As ligas mais usadas são: AISI 304, AISI 306 e AISI 321.

Aço Carbono

O Aço-Carbono possui na sua composição apenas quantidades limitadas dos elementos Carbono, Silício, Manganês, Cobre, Enxofre e Fósforo. Outros elementos existem apenas em quantidades residuais. A quantidade de Carbono presente no Aço define a sua classificação. Os aços, em geral, são classificados em Grau, Tipo e Classe. O Grau normalmente identifica a faixa de composição química do aço. O Tipo identifica o processo de desoxidação utilizado, enquanto que a Classe é utilizada para descrever outros atributos, como nível de resistência e acabamento superficial.

Helicoidal

Corrugação roscada do tubo, não permitindo esquadro no corte acompanhando a corrugação.

Movimento Angular

Ocorre quando uma das pontas do tubo é montada inclinada com leve deslocamento da ponte em relação ao Paralelo.

Movimento Axial

Ocorre quando uma das pontas do tubo é montada inclinada em toda sua extensão, longitudinal ao eixo.

Passo Normal

O tubo é mantido de forma natural após a corrugação, tendo média flexibilidade. É o passo mais utilizado.

Passo Fechado

Após a corrugação o tubo é comprimido diminuindo o espaçamento entre os passos deixando-o mais flexível e com menor raio de curvatura.

Reforço Parcial

É feito por mola de aço ou gramianto flexível montado externamente nas pontas do tubo aumentando a resistência quando utilizado com raio de curvatura menor que o recomendado e/ou com movimentos intermitentes.

Reforço Total

Montagem semelhante a parcial só que em toda extensão tubo e além de mola de aço e gramianto flexível pode ser usado também borracha sintética.

Roscas

  • NPT - Rosca Cônica Standard Padrão Americano.
  • NPS - Rosca Paralela Standard Padrão Americano.
  • BSPT - Rosca Cônica Standard Padrão Britânico.
  • BSP - Rosca Paralela Standard Padrão Britânico.

Terminais

São peças soldadas nas extremidades dos tubos permitindo sua utilização nas mais diversas áreas.

TTFlex1

Referência utilizada para denominar o Tubo Metálico Flexível em Tomback com 1 (um) trançado externo de fios no mesmo material.

TTFlex2

Referência utilizada para denominar o Tubo Metálico Flexível em Tomback com 2 (dois) trançados externos de fios no mesmo material.

Reforço Total

Montagem semelhante a parcial só que em toda extensão tubo e além de mola de aço e gramianto flexível pode ser usado também borracha sintética.

TTFlex1 ou 2 TI

Referência utilizada para denominar o Tubo Metálico Flexível em Tomback com 1 (um) ou 2 (dois) trançados externos de fios Aço Inox.

TIFlex1

Referência utilizada para denominar o Tubo Metálico Flexível em Aço Inox com 1 (um) trançado externo de fios no mesmo material.

TIFlex2

Referência utilizada para denominar o Tubo Metálico Flexível em Aço Inox com 2 (dois) trançados externos de fios no mesmo material.

TIFlex1 ou 2 TC

Referência utilizada para denominar o Tubo Metálico Flexível em Aço Inox com 1 (um) ou 2 (dois) trançados externos de fios de Tomback.

Tomback

Material feito de liga de cobre ASTM B-135 com 85% Cobre e 15% Zinco, Também conhecido como Tomback.

Contatos

  • +55 (11) 4072-4010
  • +55 (11) 4071-7711
  • vendas@damflex.com.br

Onde estamos

  • Av. Conceição, 789
  • Centro – Diadema / SP
  • CEP: 09920-000 – Brasil

Redes Sociais